LIÇÃO 10ª - TRÊS AMIGOS NA FORNALHA











TIA: SUELI BEZERRA







DEUS ESTÁ AQUI ALÉLUIA, TÃO CERTO COMO O AR
QUE EU RESPIRO. TÃO CERTO COMO O AMANHÃ QUE SE LEVANTA, TÃO CERTO COMO EU TE FALO E PODES
ME OUVIR.(BIS)




TRÊS PALAVRINHAS SÓ EU APRENDI DE COR
DEUS É AMOR. TRALÁLÁLÁ- PIM POM





COM CRISTO NO BARCO TUDO VAI MUITO BEM
VAI MUITO BEM, VAI MUITO BEM (BIS)
E PASSA O TEMPORAL.
PASSA O TEMPORAL(BIS)
COM CRISTO NO BARCO TUDO VAI MUITO BEM
E PASSA O TEMPORAL






ATIVIDADES:




DINÂMICAS DIVERTIDAS




DA "ESCULTURA"





Esta dinâmica estimula a expressão corporal e criatividade.
2 x 2 ou 3 x 3, os grupos devem fazer a seguinte tarefa :



Um participante trabalha com escultor enquanto os outros ficam estátua (parados). O escultor deve usar a criatividade de acordo com o objetivo esperado pelo Coordenador, ou seja, pode buscar :

-estátua mais engraçada
-estátua mais criativa
-estátua mais assustadora
-estátua mais bonita, etc.
Quando o escultor acabar (estipulado o prazo para que todos finalizem), seu trabalho vai ser julgado juntamente com os outros grupos. Pode haver premiação ou apenas palmas.



"ROLO DE BARBANTE"




Em círculo os participantes devem se assentar. O Coordenador deve adquirir anteriormente um rolo grande de barbante. E o primeiro participante deve, segurando a ponta do barbante, jogar o rolo para alguém (o coordenador estipula antes ex: que gosta mais, que gostaria de conhecer mais, que admira, que gostaria de lhe dizer algo, que tem determinada qualidade, etc.) que ele queira e justificar o porquê! A pessoa agarra o rolo, segura o barbante e joga para a próxima. Ao final torna-se uma "teia" grande.




Essa dinâmica pode ser feita com diversos objetivos e pode ser utilizada também em festas e eventos como o Natal e festas de fim de ano. Ex: cada pessoa que enviar o barbante falar um agradecimento e desejar feliz festas. Pode ser utilizado também o mesmo formato da Dinâmica do Presente



Contando a História








LIÇÃO 10



CLASSE 7/8




TRÊS AMIGOS NA FORNALHA



Leia em sua Bíblia Daniel 3.1-21

O rei Nabucodonosor mandou fazer uma estátua e ordenou: Quem não se ajoelhar e não adorar a estátua será jogado na mesma hora numa fornalha ardente.

Sadraque, Meesaque e Abede-Nego negaram-se a prestar culto à estátua e permaneceram fiéis a Deus.
Ao ouvir isso, Nabucodonosor ficou furioso com os três jovens e mandou que os seus soldados mais fortes amarrassem Sadraque, Mesaque e Abede-nego e os jogassem na fornalha.


De repente, Nabucodonosor ficou espantado porque ao invés dos três jovens ele estava vendo quatro pessoas andando na fornalha e a quarta pessoa se parecia com anjo.
Aí o rei chegou perto da porta da fornalha e gritou:


-Sadraque, Mesaque e Abede-nego, servos do Altíssimo Deus,saiam daí e venham cá! Os três saíram da fornalha, e todas as autoridades que estavam ali chegaram perto deles e viram que o fogo não havia feito nenhum mal a eles. O rei gritou:


-Que o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-nego seja louvado! Ele enviou o seu anjo e salvou os seus servos, que confiam nele.
AMÉM!
*************************************************************************************************



LIÇÃO (10)



CLASSE 9/10



JEREMIAS, O PROFETA DAS LÁGRIMAS


Jeremias 3


Jeremias, filhos de Hilquias, foi um profeta da cidade leveita de Anatote e talvez tenha sido descendente de Abiatar. O significado do seu nome é incerto, mas “O SENHOR exalta” e “O Senhor lança” são possibilidades. A vida pessoal desse profeta é mais conhecida do que a de qualquer outro profeta do AT porque ele nos deixou muitas marcas de seus pensamentos, preocupações e frustrações.



Jeremias recebeu a ordem de não se casar ou ter filhos para ilustrar a sua mensagem: o julgamento era iminente, e a próxima geração seria exterminada. Seu companheiro e amigo chegado era o seu escriba Baruque. Jeremias tinha poucos amigos além dele. Ao que parece, são qualificados como amigos apenas Aicão, Gedalias, filho de Aicão e Ebede-Meleque. Isso de deve em parte por causa da mensagem de ruína proclamada por ele, uma mensagem contrária à esperança do povo e que incluía um sugestão de rendição aos babilônios.



Apesar dessa mensagem de ruína, da sua severa repreensão aos líderes e do desprezo pela idolatria, o seu coração doía pelo povo, pois abia que a salvação de Israel não esta desassociada da fé em Deus e de um relacionamento de aliança correto, expresso pela obediência.

AMÉM!



LIÇÃO 9ª- A BOA NOTÍCIA DOS LEPROSOS






PEQUENINOS DE DEUS


É uma benção está outra vez aqui. Graça e paz. Queridos professores
que a graça de Deus esteja com todos vocês.Neste domingo com alegria, voltamos os olhares para nossos alunos que são um benção nas mãos de Deus. Com muita alegria e satisfação louvemos ao Senhor.






CORINHOS:

1

2
BRINCAD
EIRAS:


DEDINHO


Os participantes mostram os dedos
e vão dizendo o alfabeto. Na letra que parar, deve-se dizer o nome de alguma coisa que comece com essa letra. Quem não responder, sai fora da brincadeira.




GUERRA DE PAPEL


j
ogam duas equipes em dois campos distintos, separados por um espaço. Cada equipe terá à sua disposição de
zenas de bolinhas de papel (pode se usar jornais velhos). Elas começarão a jogar essas bolas de papel no campo adversário, que deverá fazer o mesmo.


O Objetivo é tira bolinhas de papel do seu campo e jogar no adversário. No fim do tempo, o mestre faz a contagem. A equipe que tiver menos papel em seu campo é a vencedora.



LIÇÕES:


A BOA NOTÍCIA DOS LEPROSOS